• Curta no Facebook
  • Siga no Twitter
  • Acompanhe no Instagram
  • Feed RSS
Assessoria Especial de Juventude

Geração Atitude

10/05/2018

Palestras do "Geração Atitude" reforçam conceitos de cidadania e democracia participativa aos jovens

GERAÇÃO ESCOLA

O exercício da cidadania, a democracia participativa e o protagonismo juvenil foram os temas da aula desta quinta-feira (10) dos alunos do Ensino Médio do Colégio Estadual Júlia Wanderley, em Curitiba, durante uma das etapas do “Programa Geração Atitude”.  Nesta fase, denominada “Geração na Escola”, representantes dos Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário, e também do Ministério Público estadual, promovem em colégios de todo o Paraná um bate-papo descontraído com os estudantes, para aprofundar ainda mais os conhecimentos sobre os temas abordados durante o programa.

No encontro os palestrantes convidados explicam o funcionamento de cada uma das instituições, abordam a importância do voto como instrumento de exercício da cidadania e alertam os jovens sobre a necessidade de compreenderem o processo político-democrático, como futuros protagonistas da sociedade que serão. “Esse tipo de diálogo com jovens nesta idade é importantíssimo, porque nem sempre a gente percebe as oportunidades que tem para o exercício da cidadania. Quando eu perguntei em quais espaços de cidadania eles atuam, pouca gente respondeu. Conforme a gente foi dando os exemplos, o pessoal foi se mostrando mais interessado e participativo. A gente viu a importância que é falar sobre esse tema com eles”, destacou a promotora de Justiça Mariana Dias Mariano, representante do Ministério Público.

Representando o Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, o desembargador aposentado Acácio Cambi ressaltou em sua apresentação a importância dos jovens saberem exercer a cidadania de forma plena. “A minha intenção foi demonstrar aos estudantes a importância da cidadania e, através dessa importância que dou à cidadania, como funciona o Judiciário. O “Geração Atitude” valoriza a cidadania. Nós sabemos que a política é a arte do bem comum. Como é que você exerce bem a cidadania? É através do voto. É votando bem, escolhendo bem os candidatos e fazendo leis que realmente atendam ao interesse da coletividade e do bem comum”.

Projetos de lei – Quando o assunto foi a elaboração de leis e a oportunidade para que os próprios estudantes apresentem propostas de projetos de lei, o que se viu foi muito estudante interessado em mostrar suas ideias e poder contribuir com a sociedade, principalmente na área da educação. “É incrível a gente saber que como cidadão a gente pode mudar algo em nosso estado e no nosso país”, afirmou Luah Couss, aluna do 2º ano do Ensino Médio.

O estudante Pedro Monteiro, do 1º ano do Ensino Médio, não apenas tem projetos para o “Geração Atitude”, mas tem como objetivo de vida seguir carreira na política. “Tenho vontade de melhorar meu estado e quem sabe meu País, sendo um dia senador ou governador”. Pedro ressaltou que programas como o “Geração Atitude” possibilitam aos jovens um aprendizado único. “O jovem tem que aprender o conceito da política. O jovem não pode falar mal de algum político sem saber o que ele fez. A política tem que ser feita corretamente, não pode chegar qualquer um lá e tocar com a barriga. Tem que fazer certo, não pode acontecer o que está acontecendo hoje com o nosso País”.

Quem detalhou para os estudantes o funcionamento do Legislativo e o processo para criação de um projeto de lei, foi o diretor Legislativo da Assembleia Legislativa do Paraná, Dylliardi Alessi, que sentiu o entusiasmo dos jovens para se transformarem em cidadãos participativos. “A motivação deles é a nossa motivação. Quando nós vemos que eles realmente querem participar, que gostam do que a gente está passando, que são alunos que vão participar ativamente da política e terão participação direta na democracia, dando ideias lá na Assembleia Legislativa para os deputados e assessores, isso nos motiva e vemos que o “Geração Atitude” é um sucesso. Nossa missão é aproximar o cidadão do Legislativo paranaense”.

Também participaram do bate-papo com os estudantes a diretora de Comunicação da Assembleia, jornalista Kátia Chagas, e o assessor especial da Juventude do Governo do Estado, Edson Lau Filho. As inscrições das propostas de projetos de lei, pelos estudantes, já estão abertas e podem ser feitas pelo site www.alep.pr.gov.br/geracao_atitude, até o dia 8 de julho. As 32 melhores ideias serão selecionadas para a próxima etapa, a Caravana da Cidadania, quando os alunos e professores orientadores visitam as sedes dos Poderes em Curitiba e poderão defender suas propostas no Plenário do Legislativo.


Fonte: ALEP

Arquivo anexado:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.